Home Acima Comentários Conteúdo Pesquisar

Ocorrência de doenças
Acima Conceitos Hospedeiro Cadeia Epidemio Avaliação Testes Vigilância Epidemio Prevenção Profilaxia FI Profilaxia VT Profilaxia comunic. Fatores de doença Ocorrência de doenças Parasita-hospedeiro Controle roedores

 

FORMAS DE OCORRÊNCIA DAS DOENÇAS EM POPULAÇÕES

DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DA OCORRÊNCIA DE DOENÇA

  •  Paisagem – limitação da doença

  • Vetores –

  • Suscetíveis – Reservatórios

AÇÃO RESTRITIVA DA OCORRÊNCIA DE DOENÇA

  • Proteção de parte da população (Infecção prévia ou Vacinação)

  • Erradicação do agente ou não existência do agente no local

  • Limitações ambientais – Ex: Nematóides – região árida

  • Densidade populacional baixa

DISTRIBUIÇÃO TEMPORAL DA DOENÇA

Delimitar espaço e tempo

FORMA ENDÊMICA

Doença com regularidade previsível de freqüência

Valores oscilam dentro de limites considerados estatisticamente como esperados, normais ou usuais.

Conceito de normal – comparar os valores de ocorrência atual de uma doença numa área com os obtidos no passado.

O Intervalo de confiança da freqüência de sua ocorrência está baseado em anos anteriores

Nº de casos / ano – vários anos  - Média( X ) e desvio padrão ( S) dessa distribuição.

Faixa de ocorrência endêmica

X  + 1,96 S   e  X – 1,96 S   ao nível de significância 5%

FLUTUAÇÕES DE OCORRÊNCIA NO TEMPO

Variações regulares

Alta endemicidade

Média endemicidade
Baixa  endemicidade

Hiper endêmica

Meso endêmica

Hipo endêmica

 

FORMA EPIDÊMICA 

Quando a freqüência da doença ultrapassa  os limites esperados endêmicos.

Elevação brusca, temporária, estatisticamente significante superior ao limite da faixa endêmica.

De acordo com a extensão populacional e geográfica:

SURTO EPIDÊMICO – Formas anormalmente elevadas em áreas restritas – colégio, algumas cabeças de animais)

PANDEMIA – Atinge ampla população – vários países ou continentes.

 

FLUTUAÇÕES NAS FORMAS DE OCORRÊNCIA DA DOENÇA

VARIAÇÕES REGULARES OU ENDÊMICAS

Variação secular ou tendência secular

Variações periódicas – cíclicas ou estacionais

VARIAÇÕES IRREGULARES OU EPIDÊMICAS

  • Epidemias maciças ou em ponto

  Grande número de indivíduos  infectados a partir de uma única FI

  •  Epidemias progressivas

 Evolução lenta – Fonte  primária de  infecção  infecta  a fonte secundária de  infecção e assim por diante.

 

O gráfico acima representa o início e o fim da epidemia, baseado na faixa de ocorrência endêmica.

 

Home ] Acima ]

Envie mensagem a mcguido@mcguido.vet.br com perguntas ou comentários sobre este site da Web.
Copyright © 2003 Maria Carolina Guido
Última modificação: 18 maio, 2005